Brilhante visão empreendedora


Beti Engroff aposta em empresa de semi-joias do Noroeste Gaúcho e está à frente do primeiro escritório da indústria no Rio Grande do Sul

A filial da Pura Arte Joias foi inaugurada em abril, em Dois Irmãos (RS), e já colheu os primeiros frutos. Em menos de 15 dias, já faturou em vendas, mesmo a equipe de revendedores ainda estar em aberto. As semi-joias são vendidas apenas para lojas e estabelecimentos comerciais que atendem ao consumidor final. Um editorial de joias foi pensado pela gestora e elaborado pela produtora de moda Joyce Rosa. O editorial traz a modelo (Julia Engroff), fotografada por Francieli Guder, mostrando a qualidade e o refinamento delicado das peças. Ao todo são cerca de 10 milhões de itens, criados ao longo dos mais de 30 anos.

Inicialmente, a empresa importava as peças e somente banhava a ouro. Com a mudança do mercado, alta do dólar e insatisfeito com a qualidade das peças, o diretor-proprietário Carlos Konzen buscou novas alternativas e foi ousado, atualizou o nome para Pura Arte Joias e montou sua própria estrutura de processo produtivo – matrizaria, fundição e banho, para produzir peças de qualidade e excelente acabamento em ouro 18k. A fábrica está localizada em Roque Gonzales, na região noroeste do Estado, reconhecida no segmento de semi-joias.

Know-how profissional

Elisabete dos Santos Engroff, 45 anos, é conhecida por muitos por Beti Engroff. Traz em sua bagagem profissional, a passagem na área comercial da Altero, na gerência executiva da Spalla (agência de Negócios Turísticos) e outras assessorias comerciais. Cursou Jornalismo na Unisinos, mas foi o seu tino pelos negócios que a levou mais longe que pensava, pois sempre soube identificar o potencial de produtos no mercado.

Os conhecimentos do mundo da comunicação aliados à visão empreendedora conferiu-lhe o sucesso em todas as áreas em que atuou no mercado gaúcho. O seu caráter e sua competência nos negócios também são grandes premissas em sua vida, tanto profissional quanto pessoal.

Parceria comercial

Em busca dessas realizações, que firmou parceria com Francieli e abriram o escritório comercial da Pura Arte. “Unimos o útil com o agradável. Estamos criando e ampliando a área comercial e prospectando clientes na Região Metropolitana, Vale do Taquari, Vale dos Sinos, Litoral e Serra que não conhecem o produto que tem potencial e marca no mercado da Região Noroeste do Estado”, frisa Beti.

As joias possuem qualidade de marcas renomadas e são criadas e executadas com muito requinte e acuridade. “Fazemos tudo sem abrir mão da qualidade no atendimento, que é primordial em qualquer área que se trabalhe hoje em dia”, destaca Beti.

Francieli atua na criação e execução do marketing e as duas inovaram na gestão comercial, trazendo as belezas e o brilho das semi-joias, banhadas a ouro (18k), para as clientes da regiões que o escritório atende.

Concepção do empreendimento

Foi em uma visita à casa de seus pais, em São Pedro do Butiá (RS), na Região das Missões, cidade vizinha de Roque Gonzalez e a cerca de 520 quilômetros de distância de Porto Alegre (RS), no final do ano passado, que ela retomou um ‘namoro’ com a Pura Arte. O diretor-proprietário  já a conhecia a sociedade local e também suas referências na área comercial. Ele é amigo da família de Beti e lhe apresentou toda a empresa. Na ocasião, Beti identificou a potencialidade única no mundo dos negócios – a valorização do produto no mercado. Konzen, com sua experiência cria as próprias peças e faz questão de participar ativamente da produção, para garantir a qualidade das peças e isso pontuou na decisão de executar um projeto ousado e desafiador, de expansão da marca que a própria Beti ‘desenhou’ e colocou em prática.

Jeunesse Global

Além da Pura Arte, a gestora também tem outro empreendimento, a Jeunesse, que busca oferecer produtos para quem busca uma melhor qualidade de vida - betiengroff.jeunesseglobal.com. “Tenho essa veia empreendedora e não sossego. Quando vejo uma oportunidade no mercado, sei aproveitá-la. Um negócio não anula o outro, ao contrário, se complementam. E, consigo, com isso, buscar aquilo que acredito tanto em minha vida profissional quanto pessoal. Ambas (eu e a Francieli) estamos vivendo nossa felicidade de termos acreditado em um projeto comercial diferenciado e ter tido a confiança de um empresário ousado como o Konzen, e saber fazê-lo com maestria e qualidade”, conclui.

Saiba mais em Facebook/Pura Arte Joias