Aldrey escreve a cada 15 dias, sempre nas quartas-feiras.
A crise pode impactar seus planos de viajar?

Na última semana estive em São Paulo palestrando no evento Mulheres que Decidem ao lado de Carol Ruhman Sandler, Vanessa Martins, Maria Carolina Levy e Marcelo Nakagawa, tendo como mediadora do painel Denise Damiani.

O painel foi muito interessante tendo como tema: Empreendedorismo Feminino e os Desafios do Cenário Econômico atual. Muito conversamos sobre a crise e como ela nos tira da zona de conforto e nos faz crescer. Ninguém evolui sem ter uma adversidade no meio do caminho que o faça pensar e buscar alternativas.

O que mais chamou a minha atenção foi que dos cinco palestrantes, apenas um está se sentindo pessimista com a crise, contou-nos que pela primeira vez está vendo que o cenário econômico  está preocupando e chegando nos Presidentes e CEOs de grandes empresas.

Diante disso veio o questionamento sobre o impacto da crise  no setor do câmbio, uma vez que o dólar já atingiu um patamar que não ocorria há 12 anos.

A crise pode impactar a sua viagem? A resposta é SIM. A crise atual está impactando e muito no modo como as pessoas estão viajando.

Ninguém parou de viajar! As pessoas seguem planejando as férias para o exterior, poucos prorrogaram a viagem pela alta do dólar.

Mas, com a crise algo mudou... percebo que as pessoas não estão indo  viajar com o intuito de realizarem compras, o perfil consumista está ficando para segundo plano. Com a crise, as viagens estão sendo muito mais aproveitadas, o perfil atual são de pessoas que estão comprando câmbio em um menor volume, porém estão decididas a realizarem uma viagem mais cultural, conhecerem as cidades onde estão indo, e literalmente CURTIR a paisagem.

Os perfis, hoje, são de pessoas que estão trocando câmbio para terem experiências, estão trocando dinheiro por conhecimento, por cultura, por ideias.

A crise existe, ela está próxima de nós, mas ela também nos trouxe certa “evolução”, onde a viagem de compras tornou-se a viagem de experiências.

Então, a crise pode impactar os seus planos de viajar? Eu, sinceramente, espero que sim!