Aldrey escreve a cada 15 dias, sempre nas quartas-feiras.
Estagio X Comprometimento

 

Ficar uma hora tirando cópia de um processo judicial não é menosprezar. Lavar a sua própria xicara não é humilhação. Chegar no horário marcado não significa que as regras são rígidas. Não usar barriga de fora e blusa tomara que caia  no trabalho nada tem a ver com machismo.

Os exemplos acima são baseados em experiencias reais que foram relatadas em um Happy Hour com amigos. A dificuldade hoje de encontrar jovens comprometidos para a realização de estágios nas empresas é imensa.
Itens básicos como comprometimento e vontade de aprender está em extinção.

Há muito pouco tempo atrás os estudantes disputavam vagas nas empresas para estágios remunerados ou não, e  trabalhavam com comprometimento, mesmo que fosse para um período de 6 meses ou um ano. 

O que aconteceu com grande parte da nova geração? Por mais que o desejo de ser feliz e livre impere, antes de conquistar a felicidade e a liberdade será necessário ter experiencias de vida como trabalho, dedicação, frustração, conquistas e ideias. Fazer parte de algo maior sempre engrandece a alma e o conhecimento.

O que foi salientado na conversa de um fim de tarde entre amigos é que muitos universitários que eles entrevistaram mencionaram o desejo de ingressar na empresa com um cargo maior, não querem ter na assinatura de email a palavra estagiário ou nome de um cargo mais básico, eles não percebem a importância de ter fases na vida profissional e cada fase gera uma responsabilidade e um conhecimento diferente.

E foi unânime com um brinde  que estagiário comprometido existe, é difícil de encontrar mas quando ele aparece ele se destaca dos demais  só pelo jeito pro ativo de ser e que dá orgulho em fazer parte de um pedacinho da vida dele, saber que contribuímos para sua formação.