Aldrey escreve a cada 15 dias, sempre nas quartas-feiras.
Existem semelhanças entre a prática de esportes e o ato de empreender?

Será que existe alguma semelhança entre praticar esportes e o ato de empreender? Fórmula simples, ou a complexidade é a mesma? Todos são capazes ou apenas uma parcela da população?
Em março de 2015 a Global Entrepreneurship Monitor divulgou o resultado de sua pesquisa: 34 em cada 100 brasileiros adultos estão envolvidos na criação de algum negócio ou possuem uma empresa.  O SEBRAE divulgou em sua última pesquisa, que, no período de 2002 – 2012 a porcentagem de mulheres empreendedoras cresceu 20%.  Também temos o aumento de pessoas que estão praticando atividades físicas em seu tempo livre, e para isso nem precisamos recorrer às pesquisas, basta espiarmos as academias, olharmos os parques e orlas e teremos uma percepção  imediata.

Quando comecei a praticar o Triathlon ( nadar, pedalar e correr) notei que sua essência fazia parte do meu dia-a-dia profissional:

Nas adversidades surgem as ideias

Quando eu não aguentava mais o clima do local onde eu trabalhava decidi que iria mudar e ter uma atitude, e com uma cara de pau inexplicável entrei em contato com um empresário que eu não conhecia e  propus uma parceria para abrir a minha empresa agendando uma reunião para o dia seguinte. Da mesma forma o Triathlon surgiu: diante do alto nível de estresse dois amigos triatletas me indicaram o esporte e,  eu que não era oriunda de nenhum dos três esportes que compõem o Triathlon, decidi agendar um horário com o Frank Silvestrin ( triatleta da elite brasileira) e dizer que eu queria começar a praticar o esporte. No dia seguinte apareci de mochila.

Tenha sempre atitude. Não dá para perder o “time” de uma ideia, talvez a oportunidade não apareça novamente.

Frio na barriga

Em ambas as situações o frio na barriga foi enorme, bem como o questionamento se eu seria capaz de prosseguir. Nunca tinha administrado uma empresa, não sabia nem como desenvolver um plano de negócios, bem como nunca tinha nadado mais do que 6 metros e muito menos corrido mais de 3Km. Mas, depois que começamos algo precisamos ir em frente. Todos somos capazes! É só começar e persistir. Frio na barriga e aquele receio bobo é normal,  impossível se sentir confortável no início de qualquer projeto.

Procure cercar-se de pessoas inteligentes

Fui humilde, busquei informações, conversei com pessoas das mais diferentes expertises, participei de eventos e procurei profissionais competentes para que pudesse crescer como empreendedora. No esporte busquei um profissional e uma assessoria especializada, tenho um coach que planilha meus treinos e acompanha todo meu desenvolvimento.
Para crescer precisamos aprender com pessoas diferentes de nós.

Disciplina

Sem disciplina é impossível chegar a algum lugar.  Tenha um foco, saiba aonde você quer chegar. Qual seu objetivo? É necessário ter organização para o dia ser produtivo.
Muitas vezes, teremos que virar a noite trabalhando, ter horas intermináveis de reuniões e dor cabeça para resolver um problema, e tudo isso por amor à sua empresa e a vontade de chegar ao objetivo traçado. Acredito que empreendedorismo tem a ver com dedicação e entrega.

Acordar às 5h da manhã para pedalar,  sentir sono, dor e fome e mesmo assim  seguir a planilha estabelecida com foco na sua primeira prova que já tem data definida e inscrição paga, não é para qualquer um.  Porém, as pessoas são ímpares, e sem esforço não chegaremos ao objetivo. 

Quando você lê a história de um grande empresário ou atleta você tem a mais absoluta convicção que: eles se esforçaram muito e erraram mais vezes do que você pensava, e nem por isso perderam o foco, disciplina e entusiasmo.

Desopilar é necessário

Apesar de amar o que faço é preciso desopilar, conversar sobre outros assuntos, no meio da tarde sair para um café,  ler diferentes livros, tomar um bom vinho em ótima companhia, o cérebro  precisa descansar  e isso aguça a criatividade.

No Triathlon os coaches sempre falam que o descanso faz parte do treino, por isso temos “Day off”, dia no qual não iremos nadar, nem pedalar e muito menos correr.
Dia “D” : paro tudo ou continuo?

Esse dia vai chegar e aqui seu psicológico fará toda a diferença. 

No empreendedorismo, imprevistos vão acontecer e a vontade de desistir até vai aparecer, os questionamentos destrutivos também,  mas o orgulho, a capacidade e a paciência em tomar a decisão certa no melhor momento será um divisor de fases na sua vida profissional. E, quando alcançar a primeira meta o segundo objetivo já estará traçado em sua mente e a cada passo o significado de sucesso, o meu é sorrir ao fechar o notebook no final do dia.

No triatlhon uma lesão pode te deixar um tempo sem treinar e recomeçar do zero é frustrante. Percorrer novamente todo o caminho para retornar ao status anterior desmotiva e é dolorido. Tempo passa, dia da prova chega; cautela com a alimentação e com corpo, além do controle mental da ansiedade. Disciplina para verificar todo o equipamento, roupa e géis que serão utilizados na prova e programar as transições  na sua cabeça. Tudo tem que ser perfeito. O dia chega e com ele pode vir uma água marolada, um vento contra no pedal ou uma câimbra na corrida. E, quando você pensar que não aguenta mais ouvirá um amigo de equipe gritar seu nome e o significado de sucesso será cruzar a linha de chegada, sentir que é capaz e com ela pensar na próxima prova.

Quem ama cuida

Independente de ser uma empresa familiar ou não, é o seu negócio! Cuide sempre de perto. Mesmo que você tenha muitas reuniões e decisões a tomar e que confie nas pessoas que trabalham junto com você e nos seus sócios, tenha um dia na semana para analisar os números, verificar conta bancária, pagamentos e contratos.  Saiba de tudo que está acontecendo na sua empresa. Quem ama cuida.

No esporte,  a responsabilidade de verificar o meu equipamento antes de uma prova ou treino pertence somente a mim. Aprendi também a trocar o pneu da bicicleta. E, como vivemos em um país onde as pessoas não entendem que quem treina deve sim pedalar na rua e não na ciclovia devido a velocidade das bicicletas e dessa forma é mais seguro,  é necessário ter cautela. Quem ama cuida.

Acredito que qualquer empreendedor consegue ver que a essência do esporte pode ser aplicada na sua rotina profissional: espírito de equipe, paciência, evolução com a dedicação, controle emocional e tantos outros aspectos. Todo mundo é capaz de criar, empreender e praticar esportes, basta começar.