Tássia escreve a cada 15 dias, sempre nas sextas-feiras.
Faça tudo como se fosse a primeira vez


A qualidade do seu trabalho decaiu? Você tem recebido críticas frequentes do seu superior ou cliente? Das duas, uma: ou eles aumentaram o nível de exigência, ou foi você quem relaxou.

Se a sua resposta foi a segunda opção, te dou um conselho: não importa há quanto tempo você faz o seu trabalho, sempre o faça como se fosse a primeira vez. Não pense que já domina a atividade, dose sua autoconfiança, pois é o excesso dela que induz ao erro. Sério isso! Estou falando por experiência própria. Sempre que relaxei, vacilei. Cheguei a me desculpar com um cliente uma vez em que ele me disse: “parece que foi feito às pressas”. Respondi: “não parece, foi feito às pressas, e você tem toda a razão por puxar minha orelha”.

Pois bem, é comprovado cientificamente que trabalhos tediosos ou repetitivos colocam a nossa mente no piloto automático. A consequência disso, já sabemos: reduzimos o esforço, e aí erramos. Ou seja, caso não haja outro trabalho em vista, é melhor você descaracterizar seu trabalho como tedioso e pensar no quanto ele é importante para alguém, voltando assim a ter foco total e se comprometendo com o que faz.

Leia o e-mail de novo antes de enviar, revise o material mais uma vez, desligue a música, silencie o Whats, saia do Face e se concentre na tarefa. Tudo bem que você seja multitarefas em casa: que veja TV, use as redes sociais, fale no telefone e ainda estude, tudo ao mesmo tempo. Mas no trabalho, procure fazer uma coisa de cada vez para que tudo seja bem feito.

Pense assim: o operador de uma máquina na fábrica faz sempre a mesma coisa. Há muitos trabalhos como esse que são praticamente automáticos. Imagine se todos que têm trabalhos assim ligassem o foda-se, colocassem um fone de ouvido e repetissem a tarefa sem prestar atenção? O que pode acontecer ao cara da fábrica ou aos seus colegas? A vida das pessoas pode estar em risco em casos mais sérios. Se não a vida, o seu emprego pode estar em jogo.