Caroline escreve mensalmente, sempre nas terças-feiras.
É possível ter sucesso e alcançar o equilíbrio pessoal e profissional?

Todos falam em alcançar o merecido sucesso, mas você já parou para pensar e definir realmente qual o seu conceito de sucesso? Já refletiu sobre o que você precisa fazer para alcançá-lo? E, ainda, como você pode saber se está no caminho certo?

Tenho pensado muito sobre esse assunto, e principalmente em como alcançá-lo sem comprometer a vida pessoal ou, pelo menos, conseguindo manter um equilíbrio entre minhas cinco vidas: trabalho, família, saúde,  amigos e espiritual. Em meio a esses pensamentos, chega ao meu conhecimento uma pesquisa realizada pelo LinkedIn, demonstrando que o conceito entre as mulheres sobre o que é sucesso mudou. Para 63% das profissionais entrevistadas, em 13 países, sucesso é sinônimo de equilíbrio entre vida pessoal e trabalho, sendo que há dez anos apenas 39% consideravam este fator essencial.

Está claro que sucesso não é sinônimo de felicidade e realização. Já existem muitas pesquisas inovadoras no campo da psicologia e da neurociência derrubando a suposição generalizada de que precisamos trabalhar duro para conseguirmos ter sucesso. Mas, então, por que continuamos mantendo essa equação trabalho e vida pessoal em desequilíbrio?

Muito desse comportamento e dessa crença se deve a uma Inteligência Positiva (IP) deficitária, ou seja, ao fato de que sua mente está trabalhando contra você. A Inteligência Positiva mede a força relativa desses dois modos de seu cérebro, portanto, uma IP positiva quer dizer que ele age como seu amigo, sendo uma indicação do controle que você tem sobre a sua própria mente e o quão bem ela atua em seu próprio benefício.

Quando só tenho tempo e visão para uma das áreas da vida, a minha Inteligência Positiva está deficitária, pois atuo no automático, não penso mais a respeito do que ocorre à minha volta, acostumo-me com a rotina, com a falta de tempo e com a disponibilidade desmedida. Também não penso por que faço e como faço minhas atividades, ficando alerta apenas para o que faço. Nesse emaranhado, sinto-me cada vez mais cobrada a produzir e fazer e fazer. Tudo isso que acaba resultando em stress, fadiga, perda de controle, relacionamentos tensos e questões que não se resolvem com o descanso de um final de semana, pois não se trata de algo físico, e sim mental. Com o tempo, todos esses sentimentos acabam dando lugar à insatisfação e frustração, pois todo o resto está prejudicado e arranhado.

Uma Inteligência Positiva eficaz resulta em mais felicidade e melhor desempenho, o que leva ao sucesso. A chave para a construção desse modelo mental começa no desenvolvimento da autoliderança, que permite você ter consciência do seu potencial, fortalecendo a confiança e o amor próprio, para que o poder de decisão sobre a sua vida esteja a todo momento em sua mão.

Acompanhe mais sobre o assunto em meus podcasts: www.soundcloud.com/carolinebatista