Produtividade alta é resultado do equilíbrio entre trabalho e lazer

 

A saúde do trabalhador pode ser afetada pelo excesso de trabalho e isso resulta em baixa produtividade. Saiba como equilibrar lazer e trabalho.

O mercado de trabalho está cada vez mais competitivo, onde os trabalhadores se sentem forçados a trabalhar mais, seja para crescer na carreira ou para manter o emprego. Porém, para se destacar entre o quadro de funcionários, muitos acabam deixando o lazer de lado e ultrapassam os seus limites, cometendo assim, um erro gravíssimo com a saúde.

Trabalho e lazer geram alta produtividade

O equilíbrio é a chave do sucesso e quem foca em apenas um lado, com certeza não colhe bons frutos. É fundamental que as pessoas busquem um equilíbrio entre a vida profissional e pessoal, dando atenção a ambas as partes. Caso contrário, ambas serão prejudicadas e isso pode levar o indivíduo à depressão.

Considere o fato de que as pessoas que aproveitam os feriados e finais de semana para relaxar, tendem a ser mais inspiradas e criativas do que as que focam seus dias apenas em trabalhar. Isso porque quem aproveita os momentos de lazer, volta ao trabalho descansada, diferente da outras que retornam estressadas.

Muitos empresários têm percebido que os funcionários que “vendem” as férias são menos produtivos do que os funcionários que as usufrui. Com isso, essas empresas adotaram medidas que incentivam todos a relaxar e, de preferência, curtir uma viagem.

Essas medidas fizeram com que todos saíssem ganhando, onde os funcionários descansavam e curtiam momentos com a família e depois entregavam melhores resultados na empresa.

Busque o equilíbrio

Todos nós passamos por fases em que é preciso ter uma carga extra de trabalho, porém é fato que manter um período longo de trabalho pesado, pode resultar em baixa qualidade. De nada adianta focar totalmente no trabalho e deixar a sua vida pessoal de lado. Importe-se em aproveitar as suas horas livres.

Perceba que ao seu redor, as pessoas que mais produzem são as que conseguem equilibrar o trabalho com a prática de esportes, passeios e outras atividades no geral. Portanto, se você quer ter produtividade alta, aprenda a se organizar e priorizar as suas tarefas, sem abrir mão das outras.

Mas e quando a culpa não é do trabalhador e sim da empresa? 

Má organização das tarefas no trabalho, afeta diretamente a saúde do trabalhador

Cada vez mais as empresas estão investindo em formas de gestão e organização do trabalho. Porém, em muitos dos programas adotados, algumas delas não visam as características humanas dos funcionários. É comum que os trabalhadores tenham metas de produtividade, atividades do trabalho e procedimentos a cumprir. Mas para isso a direção se esquece de considerar o real trabalho a ser desempenhado, exigindo muito do trabalhador, em muitos dos casos.

O que elas conseguem, são trabalhadores sobrecarregados por terem que atingir metas cada vez maiores, onde a maior parte passa a se sentir desvalorizado e até submetidos a assédio moral. Quando estes trabalhadores adoecem, as empresas ainda colocam a culpa neles, conforme apontam os especialistas na área de saúde dos trabalhadores.

Para algumas empresas brasileiras, oferecer equipamentos individuais de segurança e um plano de saúde ao trabalhador é cumprir a sua parte. Assim, quando eles sofrem acidentes ou adoecem, a direção se esquece que faltou a gestão e organização no trabalho voltado a eles. Não estamos dizendo que os acidentes e doença dos trabalhadores seja culpa de alguém. Mas é fato de que há uma organização que propicia esses acontecimentos e isso desencadeia essas ocorrências.

Tanto para as empresas como para os trabalhadores, o equilíbrio é essencial para atingir a alta produtividade.

Por: Andréia Silveira, colaboradora do site: Plano de Saúde (http://www.planodesaude.net/)