Fernanda Rosito escreve nas segundas-feiras.
Bora conquistar nossos sonhos!

Determinação. Essa é a palavra de ordem. Até porque, sem ela, ninguém conquista nada. Sabe, tenho entrevistado algumas mulheres batalhadoras e inspiradoras e tenho percebido o quanto somos fortes e guerreiras. Conversei com a Laura Bier Moreira, que é nossa entrevistada da semana. Tu vê, ela começou como uma brincadeira e agora tá bombando com o negócio dela, o Roubadinhas.

Outro exemplo é a Vanessa Uflacker, da dupla Claus e Vanessa. A guria canta que é uma loucura, é proprietária da Sta Cena e ainda, de quebra, cuida da filhota linda, a Olívia. Ah, e em breve a gente vai contar um pouquinho sobre ela no Portal, acalmem-se! Risos!!!

Bem, eu poderia citar várias mulheres, de diversas idades, que podem ser exemplos de determinação. Desde as mais novinhas, até as ‘jovens senhoras’. Mulheres que por momentos são frágeis, outros se transformam na mais brava leoa. Tudo para cuidar da sua família e do seu trabalho.

Sabe, eu tenho uma amiga que é assim. Às vezes até me surpreendo com a força que ela tem. Funcionária de uma multinacional, está trabalhando no seu plano B. Aquele plano que ficou guardado na gaveta por bastante tempo, mais de cinco anos, se o tempo não está me enganando. Mas enfim, agora, ela está colocando no papel. Mais do que isso, na rua. Já está com escritório montado e tudo. Ela e mais três sócias.

O marido que não tá curtindo muito a falta de tempo da moça. Afinal, ela trabalha no plano B à noite e finais de semana. Isso porque é muito cedo para deixar o emprego, que é a sua fonte de renda. Mas mesmo assim tem dado uma super força pra ela.

E é bem assim que acontece. Nessa minha andança pelo Portal Negócio Feminino, tenho visto tanta coisa, gente. Olha, só sendo mulher para entender, mesmo. A gente tem uma energia que não saberia dizer de onde vem. Acho que do coração, mesmo... não que os homens não tenham, mas é diferente. Afinal, quem é que faz mil coisas ao mesmo tempo e ainda dá conta de tudo? As mulheres.

Por isso eu gosto de afirmar por onde eu passo: o Negócio Feminino não é um portal feminista, mas feminino. Tem uma grande diferença! Temos muito o que aprender com os homens e eles conosco. Essa troca é importante. Bem importante. É com ela que corremos atrás dos nossos sonhos. Sonhos pessoais e profissionais. Sonhos de mulher, mãe, esposa, empreendedora, executiva. Não importa qual seja, o que vale é a determinação que temos dentro do nosso coração.

Então... bora conquistar nossos sonhos!