Fernanda Rosito escreve nas segundas-feiras.
O que te move todos os dias

Quem é a tua inspiração? Aquela mulher fodástica que te faz acreditar que um dia é possível chegar lá? Se nunca pensou nisso, já está mais do que na hora. Vai lá e cata. Comecei a pensar sobre o assunto após assistir uma palestra da Deb Xavier no Sebrae. Foi na última semana, um café para divulgar o Prêmio SEBRAE Mulher de Negócio. Aliás, a Deb é uma boa dica de inspiração.

Reservei uma manhã inteirinha pra isso. Além de degustar uns petiscos gostosos, conheci algumas empreendedoras como a Jussara Almeida, que fundou a Olívia Bolos Caseiros, e acumulei alguns questionamentos. A Bárbara Consone Miszewski, que está abrindo a sua consultoria, também estava por lá e trocamos várias ideias.

Um deles foi exatamente o assunto que abre essa coluna. Sim, hoje estou mais reflexiva e quero passar um pouco das minhas inquietudes. Durante o café, a Deb abordou muito a trajetória da mulher no mercado de trabalho. Mais do que o caminho já percorrido até aqui, mas o quanto conquistaram espaço, respeito e admiração. Nem que seja por outras mulheres. Ai é que entra o ponto da inspiração.

Uma frase bacana (entre tantas outras) dita pela Deb foi a seguinte: “A mulher deve ser protagonista da sua vida”. Simples, mas com um significado gigante. O que realmente queremos para as nossas vidas e o que realmente fazemos para alcançar esses objetivos são dois pontos que devem nortear nossas vidas. É difícil, eu sei. Bem difícil... Muitas vezes a vontade de desistir chega de uma forma tão forte, que nos tira o chão. E quando isso acontece, aquela mulher que é a nossa inspiração nos dá força e coragem para enfrentar um leão por hora! Atire a primeira pedra quem nunca pensou em largar tudo por enfrentar vários obstáculos!

Nessas horas, percebemos o quanto somos e podemos ser fortes. O quanto nossos braços e pernas podem nos levar. E o melhor, nos levam aonde queremos chegar e nos fazem construir a nossa vida. Do jeito que queremos! Não importa quem seja: mãe, avó, irmã, amiga, prima, chefe. Até aquela insuportável, mas que, querendo ou não, é uma guerreira.

Deixa eu contar a história da Jussara, bem rapidinho. Ela trabalhou anos como nutricionista em grandes empresas, mas há três o projeto de vida estava no fundo da gaveta. Ano passado, ela transformou a Olívia Bolos Caseiros no que a move todos os dias. À frente da empresa desde o final do ano passado, ela toca tudo sozinha e precisou ser mais do que nutricionista. Mas administradora, financeira, compras, etc, etc, etc.

Mesmo com todas essas responsabilidades, a Jussara está super feliz. O sorriso que ela estampa no rosto não deixa mentir. E sabe por quê? Porque ela tem uma razão: a empresa dela. É com a Olívia que ela convive mais com os seus filhos. É com a Olívia que ela levanta da cama todos os dias. É com a Olívia que ela conhece pessoas e cria sua rede de contatos. E, com certeza, é na Olívia que ela se inspira. É ela que move a Jussara todos os dias.

E você, o que te move todos os dias?