Fernanda Rosito escreve nas segundas-feiras.
Pipoca tem uma nova parceira

Por aqui está uma loucura, Pipoca ganhou uma irmãzinha. Uma persa cinza, de olhos verdes chamada Pelúcia. A fotinho dela já está lá no nosso Instagram, espia que linda!

Linda, mas ordinária, como diz aquela velha frase. Isso porque ela já dominou o espaço em menos de 24 horas. Sobre e desce do sofá e dos móveis com total facilidade. Come os fios espalhados pela casa. Água, comida e banheiro já usado sem a menor dificuldade. Mas a arte boa é que ela ronrona igual a um motorzinho quebrado. Isso derrete qualquer um...

O engraçado é o Pipoca apanhou várias vezes, e também foi expulso da casinha dela. Ah, não é à toa que as meninas dominam o mundo! E isso serve para o mundo dos felinos x cães. “sai que essa casa é minha”, miou ela. Quando vi, o York estava saltando pra fora.

É lindo ver os animais brincando na maior inocência, mesmo as histórias explorando a velha rivalidade e o ditado “são como cão e gato” revela tal disputa. No mundo dos humanos isso não é muito diferente. Mas já percebo várias situações: pessoas totalmente diferentes que se completam, as iguais que brigam “como cão e gato”, e por ai vai. Poderia elencar uma série de exemplos. Infelizmente, um deles não serve de exemplo, que é a falta de pureza. Aquela entre os animais, aquela entre Pipoca e Pelúcia, que jogam para o lixo a rivalidade.

Bem que as pessoas poderiam se espelhar neles, não acham? Menos egoísmo. Menos trapaça. Mais humildade. Mais solidariedade. Certamente, nessa matemática, o resultado seria bem diferente. Em especial, no mundo corporativo.

Bota o dedo aqui quem nunca se desmotivou no trabalho por sentir na pele o jogo sujo de colegas – e até chefes. Em algum momento alguém já viveu essa situação. Se não viveu, certamente passará por essa experiência. A vida corporativa imita a relação entre cães e gatos. Bem que poderia ser balizada pela relação do Pipoca e da Pelúcia...

Mas eu sou uma otimista. Sabe o copo meio cheio, meio vazio? Eu enxergo sempre meio cheio. E a parte vazia será preenchida pelas conquistas. Uma coisa é certa: jogue para o Universo tudo o que queres receber de volta. Comece pela humildade, solidariedade e amor. São palavras tão bonitas, com um significado tão importante, que não devem ser mal usadas.

É tão bom ser Pipoca e Pelúcia. É tão bom ajudar as pessoas. É tão bom ter uma equipe legal que pega junto. E uma das coisas que mais me dá satisfação trabalhar nesse Portal é a nossa equipe. Um ajudando o outro. Um sendo Pipoca e Pelúcia. Mesmo quando ficamos desfalcadas... Essa é uma novidade boa que compartilho com vocês. Nossa Coordenadora de Redação e Repórter do NFTV, a Shállon Teobaldo, nos deixou. Mas por uma razão maravilhosa: um novo – e grande – desafio pela frente. Agora ela vai passar a sua experiência em outra empresa, conhecer novos colegas, fazer novas amizades. Por aqui, ficamos na torcida e desejamos muito, muito, muito sucesso para ela.

Dessa vez, o meu beijo vai acompanhado de duas lambidas. Uma do Pipoca e outra da Pelúcia.