NOVA DIRETORIA DA BPW PORTO ALEGRE APRESENTA METAS PARA 2019

 

A ONG quer estimular, ainda mais, o empreendedorismo entre as mulheres através de projetos e programas especiais

 

A Business Professional Women (BPW) está de cara nova e desafios ainda mais ousados para o próximo ano. A nova direção da Associação de Mulheres de Negócio e Profissionais, formada por Lessandra Fraga, como presidente, Michele Zavadil Pereira, primeira vice-presidente e Marinelsa Geyer, segunda vice-presidente, apresentou o plano de atuação para 2019. Além de seguir estimulando e ajudando mulheres a empreenderem, projetos importantes no empoderamento feminino continuarão a serem organizados.

“São muitos os desafios em 2019. Vejo que o medo de arriscar no próximo ano poderá travar algumas empreendedoras. Nosso objetivo, enquanto associação de mulheres de negócios, é oportunizar um espaço de confiança, capacitação e desenvolvido, aumentando e qualificando nossos projetos de capacitação. Iremos conectar pessoas e compartilhar experiências, porque juntas somos mais fortes", afirma Lessandra Fraga, presidente da BPW Porto Alegre. Entre os projetos de sucesso, já realizados pela ONG, e que continuarão no calendário do ano que vem estão: o Trocas Inteligentes, a Mostra Sustentável e a Feira Women Power.

“Tenho um carinho muito grande pelo Trocas Inteligentes, um projeto premiado nacionalmente e que estimula o network entre os empreendedores”, comenta Lessandra. Em cada edição, é escolhido um tema e convidados, de renome em suas áreas e ligados ao assunto abordado, trocam experiências de mercado. Já a Mostra Sustentável e a Feira Women Power são eventos grandiosos que possibilitam, além do network, que as mulheres coloquem na prática o empreendedorismo.

“Traçamos uma meta na BPW Porto Alegre: promover, estimular, expandir e crescer. E conseguimos e vamos continuar determinadas a ampliar nossa atuação! Capacitamos mulheres de todas as áreas, raças, crenças e idades para alcançarem seu espaço e  tornar nossa sociedade mais igualitária, esse é o propósito que nos uni.”, diz Michele Pereira, primeira-vice presidente. Outra prioridade, ainda, é aumentar o número de associadas na capital. “Queremos captar novas associadas para a BPW porque entendemos que a mulher gaúcha tem um potencial incrível para empreender e queremos ajudá-las nessa jornada”, conclui Marinelsa Geyer, segunda vice-presidente. A gestão da nova diretoria termina em 2020.