Mulheres fixam sua marca no mercado automotivo

O crescimento da participação das mulheres em cargos de liderança é uma tendência para o mercado na atualidade. O aumento no número de comandantes de empresas e cargos de liderança executiva do sexo feminino indica cada vez mais oportunidades para elas. Segundo o estudo International Business Report, realizado pela consultoria Grant Thornton, o ano de 2016 marcou um salto de 5% para 11% de mulheres em cargos de liderança no Brasil.

Essa expansão começa a lançar empreendedoras a mercados até então dominados por homens, como é o caso das oficinas. Um exemplo é a rede de franquias de reparação automotiva Make-up, que desde janeiro desse ano é comandada por Fabiane Nunes. Ela assumiu há 11 meses como diretora-executiva no Brasil. A rede surgiu a partir de uma ideia em trazer micropinturas para o Rio Grande do Sul. A primeira loja foi em Porto Alegre (RS), em 1995. A partir daí, abriu-se mais três unidades no Estado, e, em 2005, na abertura da 4ª filial, transformaram a marca em rede de franquias.

Franqueada destaca serviços
A Make-up também possui uma franqueada em Porto Alegre. Marilene Backes (foto) decidiu investir no negócio há 2 anos, pensando no retorno do investimento e também na sua qualidade de vida. Para Marilene, os homens ainda se encontram surpresos quando percebem que ela é quem gere o negócio, mas isso não atrapalha em nada os resultados de sua franquia. “Na verdade, as pessoas ficam admiradas quando percebem que uma mulher está à frente de um negócio do segmento automotivo, mas é uma surpresa boa”, conta.
A franqueada diz que o número de mulheres que procuram os serviços da Make-up já está quase que igual ao dos homens. “É muito comum, quase 50% do público é de mulheres. Até porque aqui não tem aquela cara de oficina, então as pessoas entram, são atendidas por profissionais muito preparados e em um ambiente agradável, muito semelhante ao de uma concessionária”, destaca.

Diretora-executiva frisa qualificação
Fabiane ressalta que nunca se preocupou com o fato de assumir um cargo de liderança em uma empresa que atua no ramo de automóveis. “Eu acredito que ser mulher nunca foi um problema para minha carreira. Sempre busquei me qualificar e me capacitar para desenvolver da melhor maneira possível meu trabalho, com foco em pessoas e resultado. É claro que num primeiro momento, às vezes, existe um estranhamento, algumas pessoas se surpreendem. Mas, depois que eles veem os resultados do trabalho acabam percebendo que independente de ser homem ou mulher, o que importa é estar dedicado ao que se faz”, explica.
A estratégia da empresa vem apresentando resultados acima do esperado com crescimento anual médio de 30% nos últimos cinco anos. Além disso, desde 2008, a Make-up Franchising recebe certificação da Revista Pequenas Empresas Grandes Negócios dada às redes com maior nível de satisfação do franqueado e de crescimento do País. Foi eleita nos últimos três anos como uma das melhores marcas para investir no segmento automotivo.