Prêmio Baita Empreendedor acontece amanhã

 

Do zero a um negócio de portas abertas: 180 empreendedores em situação de vulnerabilidade social concorreram

A Associaçãode Jovens Empresários (AJE), a Agência de Fomento Social Besouro e a Coordenadoria Municipal de Juventude entregam no próximo dia 16 o Prêmio Baita Empreendedor – voltado a moradores de comunidades carentes e que passaram por capacitação e incubação para abrir um empreendimento do zero.

 

O modelo em questão de formação de empreendedores surgiu em Porto Alegre (metodologia By Necessity). A capital gaúcha será a única a ter um prêmio próprio e já contabiliza 180 novos empreendedores – de 2000 em todo Brasil.

 

Estes novos empreendedores que se estabelecem e entram no mercado são justamente um dos públicos que a AJE agrega e potencializa constantemente através de suas ações. As turmas piloto do projeto nacional contaram com o apoio da Coordenadoria de Juventude. Ambas as instituições abraçaram a homenagem e escolherão, dentre 10 indicados, os 3 vencedores a partir do seu histórico social e análise financeira.

 

Todos os finalistas terão a oportunidade de participar gratuitamente do Congresso de Empreendedorismo Digital (CONEDI), que acontece de 14 a 16 de setembro. O primeiro lugar também irá receber uma anuidade na associação, que permite presença em todos os eventos e workshops. O presidente da AJE, William Assis, explica que sem dúvida a premiação sugerida já é mérito de todos os alunos empreendedores. “Ações de gestão administrativa e comercial dentro do contexto de vulnerabilidade social já são categorizadas e reconhecidas por nós como projetos de inovação, alta performance e resiliência”, complementou ele.

 

O presidente da Agência Besouro e criador do método By Necessity, Vinicius Mendes Lima, também ressaltou a importância de reconhecer esses negócios. “O aluno em condições de vulnerabilidade social deve completar 30 horas de estudo em sala de aula e sentir-se preparado para, contrapondo o cenário econômico, abrir as portas de um empreendimento, sem suporte financeiro. Sendo assim já é um merecedor de premiação“, afirmou.

 

“O mais importante: essa construção nasceu nas comunidades. A capacitação aconteceu personalizada, no local deles, modelando o empreendimento para, na sua realidade, obter êxito. Ou seja, todo o negócio pode prosperar quando se dá o devido formato de ensino e suporte as pessoas”, conclui o coordenador de Juventude municipal, Filipe Tisbierek.

 

A premiação acontece no dia 16 de agosto, às 19h30, no Garden Pub (Avenida Dr. Nilo Peçanha, nº 1500 – Espaço Unisinos, bairro Petrópolis), durante o happy hour voltado ao público associado da AJE.

A história de superação dos 10 indicados que ergueram seus negócios do dia para noite, encontra-se na página de ambas as instituições realizadoras do evento.